Graduado da UVM Desenvolve Plataforma Online para Localizar Migrantes Desaparecidos

March 1, 2017 - 3 minute read

O ex-estudante do Campus de Puebla, da Universidad del Valle de México (UVM), Alfredo Saucedo Muñoz, trabalhou junto com seu irmão, José Luis Muñoz, e um amigo, Alfonso Chavez, para criar o Frontera Libre, uma plataforma online que ajuda a localizar os migrantes desaparecidos em sua jornada para chegar aos Estados Unidos.

A ideia para o Frontera Libre surgiu por causa das situações difíceis que migrantes e suas famílias enfrentam quando se perdem ou desaparecem tentando chegar à fronteira dos EUA-México. “Os migrantes muitas vezes sofrem dificuldades, são vítimas de maus tratos e abusos; eles quase não recebem qualquer atenção médica e psicológica, alguns até mesmo morrem”, disse Saucedo Muñoz.

Saucedo Muñoz explicou que uma vez que os migrantes chegam a qualquer um dos quatro abrigos temporários afiliados ao Frontera Libre, a sua entrada e fotos são registrados. À medida que os migrantes continuam a sua viagem em direção aos EUA, quando eles param em um dos abrigos temporários associados ao Frontera Libre, seus dados e localizações anteriores são registrados. Por meio destes dados, suas famílias podem se manter atualizados sobre a rota que seguiram, seu último paradeiro conhecido, e para onde eles irão em seguida. Os migrantes também são solicitados a fornecer o endereço de e-mail de um membro da família para criar um nome de usuário e senha que lhe dá acesso à plataforma. O acesso à plataforma permite que os familiares rastreiem a rota de seus entes queridos através de um computador ou smartphone.

Para ajudar os familiares a localizarem os migrantes desparecidos, o Frontera Libre utiliza páginas de erros 404 de websites afiliados como meio de comunicação. Se um usuário de um website afiliada encontrar uma página 404, o usuário verá imagens e uma descrição física dos migrantes desaparecidos, juntamente com o seu último paradeiro. Os familiares de migrantes desaparecidos também podem gravar uma mensagem na página 404.

“Os migrantes perdidos têm o direito de serem encontrados, e devemos ajudá-los. Suas famílias têm o direito de saber onde eles estão para prestar assistência e se reunir com eles, que é a missão do Frontera Libre,”  disse Saucedo Muñoz.

Alfredo Saucedo Muñoz fez Mestrado em Administração de Empresas no Campus de Puebla da UVM.